• Márcia Pacciulio

PANDEMIA. POR QUE?


Desde o momento em que a Pandemia provocada pelo Coronavírus foi anunciada pela OMS, muitas pessoas vêm se perguntado: Por que?


Do ponto de vista físico, a Ciência conhece as causas da pandemia e tem utilizado todo o conhecimento adquirido até aqui para minimizar a propagação e as consequências da pandemia.


O Espiritismo pode oferecer apontamentos de grande valor a todos os que desejam compreender mais profundamente a questão, para fortalecer-se diante dos sofrimentos e dificuldades que a pandemia nos trouxe.


Em primeiro lugar, aprendemos com a Doutrina Espírita que somos Espíritos! Logo, somos imortais, porque o Espírito é imaterial e somente o que é material está sujeito às Leis da Matéria. Somente nossos corpos são atingidos pelas transformações materiais, pelo envelhecimento e pelas doenças. E quando a morte (cessação das atividades orgânicas vitais) nos acomete, nós nos desprendemos das vestes materiais que já não nos servem e retornamos para a Pátria Espiritual, nossa realidade de origem e destino eterno.


As Leis Divinas representam a vontade do Criador junto à Criação, uma espécie de roteiro evolutivo inexorável à que tudo e todos estamos submetidos.


Dentre essas Leis, queremos destacar a Lei de Progresso. De acordo com essa Lei, tudo progride incessantemente, tudo se transforma para melhor.

Os Espíritos, valendo-se de seus esforços e da contribuição do tempo, estão em ininterrupto progresso, bem como está em progressiva transformação os seus corpos físicos e a natureza dos planetas que lhes servem de morada (animais e plantas, inclusive).


Sendo assim, fica mais fácil entendermos porque a Reencarnação também é uma lei divina e natural. Se o Espírito fosse criado no momento do seu nascimento no corpo físico, teria que aprender tudo do começo e, dessa forma, o progresso não se cumpriria. Mas, já existindo antes do seu nascimento na carne, o Espírito traz o conhecimento e o aprendizado moral já adquiridos e tem a oportunidade do recomeço. Desse modo, a Lei de Progresso se cumpre para ele e, dependendo de seus esforços, a sua evolução será mais rápida ou mais lenta.


Além disso, a Providência Divina se vale de outros instrumentos para impulsionar o nosso progresso coletivo, pois não existe nada na Criação que não tenha uma finalidade útil.


Assim, podemos observar que após as calamidades naturais (terremotos, tsunamis, erupções, etc.) ou aquelas provocadas pelos homens (guerras, mudanças climáticas, etc.), a mobilização dos povos e o empenho nas pesquisas científicas são capazes de promover grandes avanços para a humanidade em geral. Somos dotados de inteligência e nossa capacidade de superação e aprendizado são infinitos.


Mas, embora a evolução da humanidade seja contínua, ela se faz em ciclos. E, ao término de cada ciclo evolutivo, nos valemos do aprendizado adquirido na fase anterior para iniciarmos um novo ciclo, com novas modalidades de provas e experiências edificantes.


Na atualidade, a humanidade terrena passa por uma fase de transição entre um ciclo de aprendizado que vai se concluindo e outro que se aproxima, gradativamente, para que possamos nos adaptar às mudanças necessárias. Nos últimos séculos, um inquestionável progresso intelectual vem se estabelecendo, porém, pouco avançamos moralmente.


O surgimento dessa Pandemia é mais um convite da Providência Divina para que, aos esforços científicos, possamos acrescentar esforços morais, quais sejam: a solidariedade, a fraternidade e a caridade.


A humanidade se perdia em meio aos vícios físicos e morais, em detrimento das conquistas espirituais que constituem o seu verdadeiro tesouro.

Permitimos que o Materialismo se imiscuísse em nossas vidas pessoais e em nossas instituições, estabelecendo valores e paradigmas ilusórios, que nos distanciaram da real compreensão da vida e dos instrumentos que ela nos oferece para sermos verdadeiramente felizes.


Nesse momento, mais do que a vitória sobre o vírus, precisamos conquistar a vitória sobre nós mesmos! Para essa empreitada, o Evangelho de Jesus terá um papel preponderante!


Os ensinamentos do Cristo, quando bem compreendidos e sentidos, nos oferecem um roteiro seguro para a nossa espiritualização e para a conquista dos valores imorredouros do Espírito, alavancando o nosso progresso moral e minimizando os nossos sofrimentos. Disse o Mestre: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.


Então, por que a Pandemia? Responderemos: Para nosso aprendizado moral e nosso progresso espiritual.

Márcia Pacciulio

45 visualizações

UNFICAÇÃO KARDECISTA DE RIBEIRÃO PRETO

©2019 - UNIFICAÇÃO KARDECISTA DE RIBEIRÃO PRETO

Site desenvolvido e doado por:

Web16 | Sites

  • White Facebook Icon